Oficialmente, o primeiro Dia Nacional da Mulher nos EUA foi celebrado em maio de 1908. Em 1921 a data foi oficializada como Dia Internacional da Mulher. Mas só em 1977 que o dia 8 de março foi reconhecido pela ONU oficialmente. É uma data que deve servir para reflexão diante da desigualdade que as mulheres ainda sofrem nos mais diversos ambientes sociais.
Temos orgulho de contar com mulheres competentes em nosso time, atuando na gestão da Exagro e no atendimento aos clientes no campo.

Equipe Feminina Exagro

Além disso, prestamos serviços para mulheres incríveis que são referência onde atuam, e com seu sucesso inspiram outras a enfrentarem os desafios de um mercado que ainda tem predominância de homens, tanto na produção quanto na liderança.

Uma dessas clientes é a Mayra Marquez Araújo, proprietária da Fazenda Aviação, em Araguaína, no norte do Tocantins. Além de gerir com excelência a sua Fazenda, que mais de uma vez fez parte das Fazendas “Top10” no Benchmarking Exagro (Grupo de 10% das fazendas com melhores resultados), Mayra faz parte da diretoria do MAT (Mulheres do Agronegócio Tocantinense), um grupo de mulheres que surgiu em março de 2017 com a ideia de unir mulheres da região que atuam no agronegócio para a troca de experiências, informações e servir como inspiração para outras mulheres.

Mulheres do Agronegócio Tocantinense – Grupo que reúne mais de 200 mulheres do Agro brasileiro

As integrantes do grupo realizam encontros regularmente para tratar de assuntos de interesse comum. A Exagro tem orgulho de já ter participado destes eventos para falar de gestão agropecuária, e desta forma podemos dizer que também fazemos parte da história do MAT.

Mayra Marquez Araújo – Membra do MAT e cliente Exagro

Há várias outras histórias motivadoras de nossas Clientes que não vamos contar hoje para não estender muito o texto. Em outras oportunidades voltaremos para falar deste tema.
No Dia Internacional da Mulher, a Exagro parabeniza e reconhece o brilho de todas as mulheres atuantes no Agro brasileiro. Nosso respeito e carinho, em especial com as mulheres que atuam na produção agropecuária, que com competência e dedicação estão ocupando seu espaço, vencendo diariamente os desafios do trabalho e as tradições, levando novas formas de pensar e de agir, e assim promovendo mudanças e desenvolvimento para o campo.

Essa publicação está postada em: Sem categoria.